Veja quais são os sofás e tapetes ideais para quem tem animais de estimação

26/09/2016
Tecido dos estofados deve ser resistente e de fácil limpeza; tapete menos “felpudo” evita a proliferação de pragas como pulgas

Veja quais são os sofás e tapetes ideais para quem tem animais de estimação

Sofás e tapetes são alguns dos lugares favoritos dos animais de estimação. Gatos e cachorros fazem dos locais as suas “residências” ao longo do dia. Ali se espreguiçam, tiram longos cochilos e também fazem muita bagunça. “Eles nos exigem alguns cuidados por causa da mobília e objetos. Os sofás devem ter tecidos resistentes e de fácil limpeza”, ensina a designer de interiores Ana Adriano.

O suede, a sarja e a lona, além de muito populares, são ótimos para casas com animais. A resistência do tecido, a trama mais fechada, evita que eles puxem os fios do tecido e que os pelos entranhem. Sofás revestidos por materiais sintéticos são boas escolhas, já que são laváveis. Apenas uma dica: couro pode não ser a melhor escolha. “Os animais podem marcá-lo com suas unhas”, diz a profissional. Independentemente do tecido, a impermeabilização pode ser aliada da limpeza. Funciona com líquidos, desde água a urina, já que basta passar um pano ou escova para resolver o “problema”.

Sofás e tapetes são alguns dos lugares favoritos dos animais de estimação (Foto: Shutterstock)

Muita gente não leva em consideração o material, mas a cor do estofado. Foi o caso da jornalista Luciana Ramirez, dona dos gatos Douglas e Ludmila. Ela comprou um modelo cinza, de três lugares, feito de poliéster e com aspecto de linho. “Eu sabia que a escolha era arriscada, porque corria o risco deles arranharem o tecido. Optei por um tom mais escuro para sujar menos”, conta. A alternativa, no entanto, foi mandar fazer uma capa que preservasse o sofá para o uso no dia a dia, com reforço de tecido nos braços do sofá, locais em que eles mais afiam as unhas.

Tapetes são peças que dão aconchego ao ambiente. Mas é preciso optar pelos mais simples quando o assunto são os pets (Foto: Shutterstock)

Tapetes são peças que dão aconchego ao ambiente. Mas é preciso optar pelos mais simples quando o assunto são os pets. Os de pelo curto, sisal e material sintético são os mais indicados. A lavagem, nesses casos, é fácil e a secagem rápida. “O pelo curto do tapete ajuda a evitar ainda a proliferação de pragas, como carrapatos e pulgas, justamente pela facilidade da limpeza”, completa Ana.

Sofás revestidos por materiais sintéticos são boas escolhas, já que são laváveis (Foto: Shutterstock)

Fonte: Site Zap Imóveis